CURTINHAS: Arraiá hoje no Centro, Dani Cruz no Porão, Paulo Ricardo para grã-fino

ARRAIÁ NA CIDADE ALTA

A festa junina que faltava na cidade Alta. Um arraiá para agregar moradores e frequentadores do centro da cidade e reunir todos que gostam de uma boa festa junina. Serão cinco horas de forró com os shows junino de Jaina Elne e do Forró Requebra. O tradicional Bar da Meladinha será responsável pelos comes e bebes da noite. Só hoje, véspera de feriado, ás 20h, no pátio da Pinacoteca. Ingressos no local a R$ 10. Informações: Marcelo Veni – 9.8790-1373 / 9.9175-9870.

DANI CRUZ NO PORÃO

“Som de barro” é o show da cantora Dani Cruz preparado em homenagem a Dominguinhos, acompanhada pela banda composta por Nino Costa, Daniel Ribeiro, Anderson Melo e contando com a musicalidade da sanfoneira Carol Benigno. Será neste domingo, às 17h, no Porão das Artes (Pium). Clássicos do sanfoneiro em novas roupagens, sem deixar o trato regional. Pra dançar agarradinho, cantar juntinho, aquele forró à luz do luar com esse show inédito no repertório da cantora. E dia 24 o show desembarca no Bardallos Comida & Arte, Centro de Natal. Preço: R$ 10.

MOSTRA AUDIOVISUAL

O Departamento de Comunicação da UFRN fará homenagem à primeira cineasta negra brasileira, Adélia Sampaio, durante a 11ª edição da Mostra Boom Audiovisual. Será nesta segunda-feira, a partir das 18h45, no Auditório do Laboratório de Comunicação.

TEATRO LAURO MONTE

A Fundação José Augusto apresenta o projeto de reforma do Teatro Lauro Monte Filho nesta sexta-feira, às 19h no Fórum das Artes (antigo Fórum Silveira Martins, ao lado do Memorial da Resistência), em Mossoró. A apresentação será feita pelos engenheiros Glênio Alexandre, da Secretaria de Infraestrutura, e Luanda Cardoso da FJA, para imprensa, classe artística e convidados. E eu soube hoje que em dois meses as obras de restauração e recuperação do Teatro Alberto Maranhão serão iniciadas.

CHOCOLATE NO CINEMA

Depois de ver a desgraça do filme A Lenda do Tarzan, um deleite assistir ao filme Chocolate (2016), que conta a história do primeiro palhaço negro da França. Uma típica tragicomédia cinematográfica cheia de metáforas da condição humana e como pano de fundo o retrato racista, que embora seja da época, nos traz também simbologias, mesmo camufladas, ainda presentes. Um filmaço dirigido pelo francês Roschdy Zem, como há muito não via. Achei essa crítica AQUI muito bacana, escrita por um filósofo.

PAULO RICARDO PARA GRÃ-FINOS

E quem imaginava o roqueiro Paulo Ricardo, que mesmo com aqueles ombros largos enaltecidos por Cae Veloso e o olhar 43 que impressionava as garotinhas anos 80, tocava um baixo invocado, tinha o timbre do rock e umas músicas arretadas. Talvez o grupo de maior sucesso do rock nacional naquela década. Aí o cara estará hoje em Natal para tocar no “Spaço” Guinza (Spaço é phoda!) com o show “On the rock”. Só lembro de Lennon pedindo pra grã-finagem chacoalharem as joias.

MÚSICA POTIGUAR NAS ESCOLAS

O programa “Música Potiguar nas Escolas”, que faz parte da campanha “Música Potiguar – Nosso Som Tem Valor”, terá a sua terceira edição hoje no Colégio CEI Romualdo Galvão. Os artistas protagonistas deste pocket-show serão os músicos Carlos Zens e Diogo Guanabara, que receberão a cantora Laryssa Costa como convidada especial. O tema da apresentação será o Choro, temática que vem sendo trabalhada em sala de aula. O artista tem de ir onde o estudante está, parafraseando o Milton.

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *