CURTINHAS: Festival da Meladinha, Palco Giratório, Lei CC e Feira da Diversidade

FESTIVAL DA MELADINHA

O Festival da Meladinha, melou. Mas calma. Melou só para este sábado. A repercussão do anúncio foi tão grande que a produção do evento precisou adiar para organizar melhor a estrutura. Só neste site foram mais de 1400 visualizações. Realmente uma surpresa. A ideia agora é mudar a data para agregar apoios e melhor estruturar o festival que terá a bebida mais famosa do Centro Histórico de Natal como carro chefe. Vai ter shows, concursos, meladinhas especiais e incluir uma praça de alimentação. O local permanece na área livre do pátio da Pinacoteca. A nova data será divulgada em breve. Vale a pena aguardar.

LEI CÂMARA CASCUDO

Essa semana, titia Isaura conversou com o Secretário da Tributação, André Horta, sobre a nova proposta para a Lei Câmara Cascudo, para que ela seja realmente de Incentivo à Cultura e não ao espetáculo. A ideia é criar mecanismos que envolvam contribuintes do ICMS de faixas mensais mais baixas, com alíquotas mais altas. Ou seja: atrair também as empresas de médio porte para que estejam aptas a patrocinar projetos. É uma boa. Mas precisa de muito mais ajustes.

PALCO GIRATÓRIO

O Palco Giratório inicia sua 20ª edição no RN em abril com os espetáculos infantis Ninhos (SP) e Conexão Elefante Cultural (RN). As apresentações, viabilizadas pelo Sesc RN, acontecem sexta-feira (7), a partir das 19h, no Sesc Zona Norte, em Natal. A entrada é gratuita e a classificação livre. Em Ninhos, pela Cia Balangandança (SP), brincadeiras de crianças confundem-se com movimentos de animais. Os ninhos são momentos de recolhimento que fortalecem relações mais sutis, íntimas e subjetivas, tão importantes à criança. Já o Conexão Elefante Cultural, encenado pela Trupe da Luz, reúne artistas potiguares e mescla diferentes vertentes das artes cênicas à contação de histórias e ao circo. O grupo é composto pelos palhaços do Tropa Trupe, bailarinos do Entre Nós Coletivo de Criação e atores e músicos do grupo Estação de Teatro. Até novembro deste ano, o 20º Palco Giratório apresentará no RN os espetáculos Os Mequetrefe (SP), Cinzas ao Solo (RN), Na Esquina (MG), O quadro de todos juntos (MG) e Abrazo (RN), além de promover oficinas e pensamentos giratórios, de modo a intercambiar conhecimentos entre os artistas locais e nacionais. As apresentações serão em Natal, Mossoró e Caicó.

FEIRA DA DIVERSIDADE

O Porão das Artes (em Pium) abre suas portas nesta sexta e domingo. Se na sexta já tem a pedida boa do show do potiguar da cidade de Grossos, Jeová Costa, que lançará seu 2º CD intitulado “Bagagem Cigana”, com entrada a R$ 10, no domingo tem caldo grosso da programação com a 28ª edição da Feira da Diversidade. A partir das 15h tem início a festa com a banda pernambucana Xote Marley com a participação de Joana Knobbe/RN, Jeová Costa/RN e Tânia Suassuruna/RN, com a performance “Maria da Peia”. Entrada Franca!

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *