Espetáculo circense e de teatro de rua acontece nesta quinta na Praça Cívica

O espetáculo potiguar Cambalhotas, da Base de Experimento do Grupo de Teatro Eureka, faz um resgate à arte circense e ao teatro de rua. Ambas as artes têm perdido cada vez mais espaço na cultura das grandes capitais e nas cidades do interior.

E com esse clima quase nostálgico o espetáculo será encenado na Praça Pedro Velho (Praça Cívica), em Petrópolis, nesta quinta-feira (27), a partir das 16h30 e com livre acesso para público de todas as idades.

Pensando nesse resgate e na posição do artista na sociedade a Base de Experimento do grupo construiu esse espetáculo com uma dramaturgia irreverente, leve, que trata das dificuldades de ser um artista, do preconceito sofrido diariamente e dos “nãos” constantes que levam para manter um projeto.

O ‘Cambalhotas’ usa de elementos da cultura popular – coco de roda, cortejo, cantigas de roda, etc. E um dos personagens leva o nome de “Palhaço Facilita”, em homenagem ao grande artista circense, que há 39 anos leva alegria para a população potiguar e tem feito parte da infância de várias gerações.

O ENREDO

Tendo a rua como palco e lugar de encontro, a peça transporta o público para Formosura, uma cidade governada por um prefeito corrupto, pai da menina Berenice, que sonha em ser bailarina e tem um amor proibido por Facilita, o palhaço do circo Cambalhotas, que luta pela permanência na cidade, e todos ficam sob a vigilância de Dona Josefa, a fofoqueira.

O projeto foi aprovado pelo Fundo de Incentivo a Cultura 2015 – FIC, e circulará pelas quatro zonas da cidade potiguar, levando a magia e a alegria do circo, através dos conflitos e trapalhadas do povo de Formosura. Ocupando praças e escolas públicas com cores, cantorias, batucadas e muito calor humano.

Informações Gerais:

Quando? 27 de abril (quinta-feira)
Que horas? 16h30
Onde? Praça Cívica (Bairro Petrópolis)
Valor: Gratuito
Faixa etária: Livre

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *