Ed Motta fará show gratuito em Natal em abril

O Dia Internacional do Jazz é celebrado em diversas partes do mundo desde 2011, sempre no dia 30 de abril. O evento é chancelado pela Unesco e tem lá um papel diplomático de unir nações em torno do jazz e suas raízes. Enfim, está no calendário oficial das Nações Unidas e da Unesco e a proposta de união pela arte é sempre bem vinda.

Em Natal será comemorado pelo segundo ano. A capital potiguar é das poucas que celebram a data no Brasil. E vem novamente pela produção competente de quem entende do assunto: Juçara Figueiredo, idealizadora e produtora também do Fest Bossa & Jazz e que, com patrocínios captados, consegue oferecer um show grandioso e gratuito.

Se no primeiro ano a Sesi Big Band convidou a Orquestra Sinfônica da UFRN e a cantora e compositora de jazz Taryn Szpilman em um palco de dois andares montado na Praça Ecológica de Ponta Negra, este ano é promessa de estacionamento cheio do Natal Shopping para conferir de graça o show do cantor, compositor e multinstrumentista Ed Motta, que já esteve por aqui há três anos para apresentação no Fest e Bossa.

Segundo Juçara, o evento só é possível graças às parcerias, seja com o Sesi RN e o maestro Eugênio Graça, da agência de comunicação Zero Sete que trabalha na captação de recursos, na cessão do espaço pelo Natal Shopping, além de permutas com parceiros do Fest Bossa & Jazz.

“Batalhamos nessa busca por parceiros e patrocinadores para comemorar este dia que, para músicos e quem curte o gênero, é um dia muito especial”, colocou Juçara em sua conta no facebook, respondendo também críticas quanto à escolha do músico, diante de polêmicas bobas divulgadas ano passado.

POLÊMICA

Na ocasião de um show, Ed Motta teria criticado o público brasileiro, que não saberia admirar boa música. E Juçara perguntou: “Ele foi infeliz no comentário, mas será que ele estava errado? Vocês viram a lista dos eleitos a melhores da música brasileira em 2016? Confiram e irão entender por que músicos no gênero estão perdendo o respeito pelo público brasileiro”.

E disse mais: “Porque o convidado da Sesi Big Band é Ed Motta? Simplesmente porque ano passado ele saiu do Brasil e gravou um disco de jazz e foi ovacionado em toda a turnê realizada fora do País. Quem seria melhor representante pra este dia do jazz no Brasil?”. E pela dimensão do nome de Ed Motta, Juçara acredita que a maior celebração da data, no Brasil, será a de Natal.

Assim como no ano anterior, a Sesi Big Band será a anfitriã do show e será a responsável pelo convite a Ed Motta subir ao palco. O horário do show ainda será definido, já que o Shopping fecha mais cedo no domingo.

Confirmam uma mostra do show a partir da apresentação entre Sesi Big Band e Ed Motta, em 2014

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *