Dodora Cardoso celebrará 40 anos de música em grande show na Pinacoteca

A cantora potiguar Dodora Cardoso, artista de destaque no cenário potiguar, lançara o seu novo disco no show “60 Anos de Vida, 40 Anos de Música”, que marca sua trajetória de vida e carreira.

A apresentação acontecerá no dia 12 de dezembro (data de seu aniversário), na Pinacoteca Potiguar. O CD inédito, gravado e produzido pela BeJu Produções conta com 16 canções, todas de compositores do Rio Grande do Norte.

No show Dodora estará acompanhada pelos músicos Jubileu Filho (direção musical), Deo do Pandeiro, Wallison Santos, Chico Bethoven, Franklin Panda, e Daniel Ribeiro.

SERVIÇO

Dodora Cardoso – 60 Anos de Vida 40 de Música
12 de dezembro, às 20h.
Pinacoteca Potiguar
Praça Sete de Setembro, s/n – Cidade Alta, Natal – RN
Ingressos: Inteira – R$40,00 / Meia- entrada – R$20,00
Vendas: A partir do dia 25/11 no Bardallos Comida e Arte (Rua Gonçalves Lêdo, 678 – Cidade Alta, Natal – RN).

Sobre Dodora

Na cena musical do Rio Grande do Norte há quatro décadas, Dodora ganhou notoriedade nas tradicionais bandas de baile nos anos 70, 80 e 90, onde já apresentava versatilidade, interpretando canções consagradas. Com voz marcante e muito carisma, logo conquistou o público.

Natalense de registro, caicoense de coração, Dodora voltou à capital potiguar há pouco mais de 10 anos, e tem se destacado em grandes projetos: participou de três edições do Festival Forraço (produzido pela InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo no estado), Projeto Seis e Meia, Prêmio Hangar de Música Potiguar, Brega Solidário (GAAC-RN), entre outros. Também esteve ao lado de grandes nomes da nossa música como Milton Nascimento, Benito di Paula, Fafá de Belém, Chico César e Tânia Alves.

Com 5 discos e 2 coletâneas na bagagem (alguns com direção do renomado músico potiguar Jubileu Filho), decidiu, nos últimos anos, se dedicar ao registro de canções de autores e poetas do nosso estado – o que acabou se tornando sua marca registrada.

Em 2015 Dodora participou do projeto Caminhos do Elefante no Teatro de Cultura Popular, homenageando a diva da música norte-rio-grandense Núbia Lafayette. O show foi aclamado por crítica e público, e ultrapassou as barreiras da capital.

Sem descanso, idealizou e produziu o Damas do Samba de Natal, além de cantar ao lado de outras poderosas vozes da velha guarda do samba da noiva do sol (Lucinha Lira, Hélia Braga e Glorinha Oliveira). O evento lotou o Barracão da Escola de Samba Balanço do Morro e movimentou as ruas do tradicional bairro da Ribeira.

Dodora agora segue finalizando seu maior projeto: o novo disco e o show de lançamento que marcará seus 60 anos de vida e 40 anos de carreira.

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *