Programação da Cidade da Criança foca na cultura oriental e na Síndrome de Down

A Cidade da Criança abre espaço neste sábado e domingo para três celebrações que enaltecem a cultura oriental, os portadores de Síndrome de Down e o meio ambiente. Os eventos têm a coordenação do Centro de Promoção Cultural da Fundação José Augusto.

China

As comemorações se iniciam no sábado (25) a partir das 14h com a celebração do Ano Chinês. Na programação está a exibição do filme “O Reino Proibido” (um filme baseado nos valores orientais clássicos), seguido de prática de Defesa Pessoal para Mulheres.

A partir das 15h a terapeuta Rízia Vargas realiza Auricoterapia (técnica terapêutica chinesa que tem na orelha um excelente local para tratar problema que tem um componente de dor, como dor lombar, dores de cabeça, problemas de pele, problemas neurológicos e vasculares, tais como esclerose múltipla e hipertensão arterial. Problemas emocionais e ansiedade também são satisfatoriamente tratados por este método).

Na sequência tem prática de movimentos corporais especialmente destinada para crianças.

A celebração chinesa terá, a partir das 17h, aulas de Choy Lay Fut (modalidade do Kung Fu), meditações para o público infantil e apresentações.

Água

No domingo, o parque abriga a celebração do Dia Internacional da Água e do Dia Mundial da Síndrome de Down, celebrados, respectivamente, nos dias 21 e 22 de Março.

A partir das 14h a programação será iniciada com a recreação do grupo Brincarte, seguida pela apresentação do teatro de bonecos com o mamulengueiro Heraldo Lins.

Também haverá a apresentação do show instrumental com o citarista e violonista Alexandre Atmarama e o flautista Carlos Zens.

Inclusão social

Também a partir das 14h, a Cidade da Criança abriga o encerramento da programação do Dia Internacional da Síndrome de Down.

A ação, realizada em parceria da Associação Síndrome de Down/RN, terá a contação de história com a professora Débora Seabra, e ainda o evento Balada Down e uma atividade de recreação com piscina de bolas, brincadeiras, pipoca e algodão doce.

O ingresso ao parque custar R$ 1.

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *