Conheça os jurados de cada categoria do Troféu Cultura 2017

Uma das novidades desta 14ª edição do Troféu Cultura é a divulgação dos jurados de cada categoria. A intenção é dar mais transparência ao processo de escolha das 70 indicações. Semanas antes do anúncio dos indicados, especialistas em cada área da cultura contemplada na premiação, foram convidados para selecionar cinco opções para cada uma das 14 categorias do Troféu. Ao todo foram 22 jurados, além do também respeitado coletivo de críticos de arte Farofa Crítica, responsável pelas definições nas Artes Cênicas, e contando ainda este blogueiro, um dos produtores do projeto, que assinou a lista do Artista do Ano. Lembrando que para votar basta clicar AQUI.

A coordenação do Troféu ressalta que os únicos pedidos repassados aos jurados foram que não analisassem, necessariamente, os (as) melhores, mas quem mais se destacou no período de outubro de 2016 até a data da escolha do jurado; e ainda, claro, que mantivessem a imparcialidade. Isso porque, em uma cidade ainda pequena como Natal, de nichos culturais estreitos, é difícil encontrar jurado sem amizade ou algum tipo de relacionamento profissional com os possíveis indicados.  Mas tentamos ao máximo, gostamos do resultado e agradecemos a participação de cada um ou ao coletivo Farofa Crítica. Como já falado, agora é com você, internauta.

Seguem os jurados:

Destaque no Audiovisual

Jurados:

Fábio Farias: jornalista, editor do site Apartamento 702

Keila Sena: produtora cultural e de audiovisual, diretora do Festival Goiamum Audiovisual de Natal; já trabalhou em inúmeros longas-metragens nacionais.

Destaque na Literatura

Jurados:

Lívio Oliveira: poeta e imortal da Academia Norte-rio-grandense de Letras

Thiago Gonzaga: escritor e pesquisador da literatura potiguar

Melhor Fotógrafo(a)

Jurados:

Alex Gurgel: fotógrafo profissional e presidente do Engenho de Fotos

Jean Lopes: fotógrafo profissional

Melhor Artista Visual

Jurados:

Eduardo Alexandre: artista plástico, ex-presidente da Associação dos Artistas Plásticos Potiguares

Plínio Sanderson: poeta, agitador cultural e colecionador de artes plásticas

Melhor Produtor(a)

Jurados:

Geraldo Gondim: produtor cultural e vencedor desta categoria, em 2015

Haylene Dantas: produtora cultural, com portfólio amplo que engloba alguns dos maiores projetos culturais realizados no Estado.

Melhor Espetáculo de Dança

Jurados:

Marcílio Vieira: professor do curso de dança da UFRN, pós-doutor em Artes, artista e pesquisador.

Patrícia Leal: doutora em artes pela Unicamp/SP e docente na licenciatura em Dança e na pós-graduação em Artes Cênicas na UFRN

Melhor Show

Jurados:

Marcelo Veni: produtor cultural, idealizador do Prêmio Hangar de Música.

Ramon Ribeiro: jornalista, repórter do caderno de cultura da Tribuna do Norte

Melhor Banda

Jurados:

Bethoven: músico, multi-instrumentista e compositor

Jomardo Jomas: produtor cultural, idealizador do Festival MADA

Melhor Cantor

Jurados:

Alexandre Alves: músico, compositor e coautor do livro ‘100 discos do rock potiguar’

Cinthia Lopes: jornalista, editora do caderno de cultura da Tribuna do Norte

Melhor Cantora

Jurados:

Carlos Gurgel: poeta e ex-colunista de música da Revista Preá e Brouhaha

Moisés de Lima: jornalista, músico e compositor, integrante das bandas Os Grogs e Cangalha Blues

Melhor Ator/Bailarino/Performer

Jurados:

Farofa Crítica: coletivo de críticos de arte

Melhor Atriz/Bailarina/Performer

Jurados:

Farofa Crítica: coletivo de críticos de arte

Melhor Espetáculo de Teatro

Jurados:

Farofa Crítica: coletivo de críticos de arte

Sônia Santos: Diretora do Teatro de Cultura Popular Chico Daniel

Artista do Ano

Jurado:

Sergio Vilar: jornalista e editor do portal Papo Cultura

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *