Concerto da Sinfônica da UFRN deste sábado será conduzida por uma mulher

O segundo concerto da Orquestra Sinfônica da UFRN traz a marca da revolução feminina na música. O comando da noite está inteiramente sob a batuta de uma das poucas mulheres hoje a conduzir uma orquestra no país. Cinthia Alireti é a convidada do concerto “Classicamente Feminino”, neste sábado, dia 21, às 18h e 20h, na Escola de Música da UFRN. A entrada é gratuita.

A mundo orquestral ainda é dominado pelos homens. Segundo o maestro titular da OSUFRN André Muniz, “é uma oportunidade única ver no Rio Grande do Norte uma orquestra sendo comandada por uma mulher com a brilhante carreira de Cinthia Alireti”. A maestrina conduz a Orquestra Sinfônica da Unicamp desde 2012, considerada uma das mais importantes em atuação do Brasil. Tem como marca a versatilidade na execução de repertório sinfônico, coral e lírico e de todos os períodos.

“Classicamente Feminino”

O repertório da noite traz a mais alta qualidade da música tradicional de concerto. A primeira obra é a “Sinfonia Haffner” de Mozart. Os quatro movimentos foram feitos sob encomenda do amigo Segmund Haffner Filho para o casamento de sua irmã. Considerada uma obra composta de forma ligeira e de grande brilhantismo. Outra peã de altíssima qualidade é “Concerto Duplo” de Felix Mendelssohn que tem dois solistas convidados: a participação especial dos clarinetistas professor da UFPB, Carlos Rieiro, e do professor da Escola de Música da UFRN, Amandy Bandeira.

A última obra da noite é uma das mais intrigantes. “Diálogo entre Vênus, Azrael e Ogum” de Leonardo Martinelli simula em música a interação imaginária e ecumênica entre três diferentes divindades e de três diferentes tradições religiosas.

O nome do concerto é a junção entre um repertório tradicionalmente erudito composto e executado por homens com o comando atualizado de uma mulher. André Muniz ressalta que esta junção trazida pela Sinfônica da UFRN demonstra sua juventude, renovação e entendimento de que a música deve estar atualizada pelos temas atuais.

Cinthia Alireti

É idealizadora e curadora do Fórum Gestão Orquestral e Compromisso Social, criado em 2015 pela maestrina e organizado anualmente com auxílio da equipe de produção do Ciddic. É também a criadora e coordenadora do Projeto Identidade, Música e Arquitetura, que teve início em 2016 na cidade de Campinas, contando com o apoio do Instituto dos Arquitetos do Brasil e a direção da compositora Denise Garcia. O projeto combina performances de música sinfônica e música de câmara com a história dos patrimônios da cidade, explorando acústicas e espaços públicos como forma de comunicação.

Como musicóloga, realiza edições críticas de óperas barrocas para o Festival della Valle d’Itria na Itália, utilizadas em apresentações ao vivo, transmissões pela RAI e registros em CDs.

Colaborou e se aperfeiçoou com grandes maestros e artistas, incluindo Mark Minkowski, Ton Koopman, Mr. John Poole, Stanley Ritchie, Roberto Paternostro, Rodolfo Fischer, Juan Pablo Isquierdo, John Nelson, Cleber Papa, Sonia Rubinsky, Gilberto Tinetti, Carmen Tellez, John Harrington, Imre Palló, Thomas Baldner, Paige Whitley-Bauguess, Elisabeth Wright. Na área de música popular, dirigiu concertos realizados em parceria com Alegre Correa, Frejat, Jota Quest, Blitz, entre outros.

Sua formação inclui bacharelados em Composição Musical (Universidade de São Paulo) e em Publicidade e Propaganda (Faculdade Armando Alvares Penteado), mestrado e doutorado em regência coral e orquestral com especialização em música antiga (Universidade de Indiana – Bloomington, EUA) e mestrado franco-alemão em musicologia (Université de Paris IV – Sorbonne, e Universität des Saarlandes, Saarbrücken).

Serviço

Segundo Concerto da “Temporada 2018 da OSUFRN”
“Classicamente feminino”
Data: 21 de abril, sábado.
Horário: 18h e 20h
Local: Escola de Música da UFRN
Entrada: Gratuita (retirada do ingresso dois dias antes na Secretaria de Eventos e Produção da Escola de Música da UFRN, das 08 às 12h e das 14h às 17h)
Palestra Pré-Concerto: às 17h e 19h.

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *