O fumacê sírio e o apocalipse-cráu

Croniqueta da Burakera #6

Os atuais Cavaleiros do Apocalipse-Cráu, meu camarada, são PutoPutin and
TrumpTrampo and o BaiximKibe-Al-Assado, o fogueteiro KingJongPingPong,
mais o desgraçado MaduroPéDuroBolivarianusErectus

…. são uns porraloucas, velho, quétudo-tocáfogo assimétrico na bundona de MãeTerra, ou Gea,
a primeira entidade da Vida, de cuja GranXana todos nós viemos, seja por partenogênese-self-masturbatória,
seja por incesto dela com o filho Uranos, segundo o aedo grego Hesíodo, um danado de sábio-poeta.

… e daí começar de uma vez o Apocalipse-Cráu, dos geniais Copolla e Marlon Brando.

AnjaMerkelComeQuieta chanceler da Bundesrepublik vai comendo pelas beiradas, doida pra
ficar bundesnua pros Cavaleiros do Apocalipse-Cráu, doida pra levar um chupada assimétrica,
como nos tempos de sua juventude-trans (vide foto ao lado – e olhe, até que ela dava pro gasto,
m’ermão).

Esse baratotal do gás sírio, é um fumacê-mix de haxixe-sarin-krokodil-crack-e-alcorão, que pode
até matar meio planeta com uma putaguerra entre os Cavaleiros do Apocalipse-Cráu.

Menos nosso BrasilMalandrinho que, segundo nosso hino, desafia a própria Morte chupando a
Petrobrás nos seios da Liberdade e nas coxas dos Paraísos Fiscais, como honestamente nos ensinou
nosso profeta-salvador Lulalá.

Ò PatriAmada Salve! Salve!

Nossos políticos são uma raçafidaputa de zumbis-quase-imortais, pior que o mosquitame da dengue.
Todos abençoados pelos SupremosJuízesFuderais, que são vampiris disfarçados.

E tanto, mano, que nem Moro, o impoluto CaçaCorruptos, com cara de cowboy desempregado, consegue
dar conta. Mata um surgem dez, como as cabeças da Hydra de Lerna, do Hércules.

Guerra total entre a putalhada do 1º Mundo, dos arábicos, dos chinas e vaisobrá pra nós latinos,
comedores-de-cu.

Mas por aqui vai tudo acabar mesmo em recessão-crônica, em eterna Reforma da Previdência e como
enredo A Carne é fraca mas o Xaveco é forte, da BeijaFlor de Nilópolis, com Lulalá de mestre-sala
e DilmaRuimself de porta-bandeira-vermelha, na ala da ÚltimaPropina.

A Comissão de Frente formada pela velha-guarda de traficantes, sindicalistas, movimentos sociais,
direitos-dos-manos e trans-sexuais.

E na ala da Mandioca, as mulatas botandopráquebrá com suas mega-bundaças mostrando a força
da mulha-sapiens-brasilis, pra desespero das feministasfeminóides-desbundadas.

Quem viver verá pela Globo, ao vivo, essa esbórnia mundial e nacional.
Plim Plim

About The Author: Ruben G Nunes

Ruben G Nunes

Desfilósofo-romancista & croniKero

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *