Insurgências Poéticas encerra temporada com poesia e papo sobre diversidade de gênero

Na última temporada do ano de 2017 do sarau Insurgências Poéticas, em quatro edições, o público pôde conferir depoimentos sobre resistências a partir dos mais diversos olhares e artes, pelas narrativas de mais de quarenta artistas e interlocutores dos direitos humanos na cidade do Natal.

Para celebrar e fechar com chave de ouro, o Sarau convida ao Bardallos Comida e Arte, a partir das 19h desta quarta-feira, as poetas Nivaldete Ferreira, Renata Marques, Aline Gurgel, além do insurgente da casa Thiago Medeiros e de outros poetas convidados que já passaram pelo palco do sarau neste ano.

Para a conversa de bar a respeito da diversidade, os convidados são: Ana Catarina, assistente social que partilhará um pouco do seu trabalho no presídio feminino do RN; Carla Alves poeta e pesquisadora, compartilhando um pouco sobre a sua experiência vitoriosa ao câncer de mama; Julianny Katerine, pesquisadora em literatura da escrita de mulheres negras; e Vitor Pimentel, comunicador social e interlocutor das questões LGBTs.

O público poderá ainda conferir as exposições “Um toque de Poesia”, da fotógrafa Flávia Freire sobre a campanha Outubro Rosa, que traz imagens e poemas de poetas potiguares como Civone Medeiros, Drika Duarte, Carla Alves e Jeanne Araújo; e ainda a exposição do artista visual Allan Talma.

Para embalar tantas questões importantes para os dias em que vivemos, teremos muita música com a insurgente parceria entre as cantoras Ana Tomaz, Heli Medeiros e Jamilly Mendonça e o show “arroboio” com Felipe Nunes, Humberto Diógenes e Luiz Renato. E de bônus, o público pagante ainda concorrerá ao sorteio da tatuagem do Aladim Tatoo, no valor de 200.

SERVIÇO

O QUE? Sarau Insurgências Poéticas – última edição da temporada
ONDE? Bardallos Comida e Arte
QUANDO? Quarta-fera (25)
QUE HORAS? 19h às 23h
ENTRADA COLABORATIVA: 10 sorteio de uma tatuagem no valor de 200
CONTATO: Thiago Medeiros (840 986 270 893)

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *